sexta-feira, 18 de maio de 2012

Altar a tua Paixão


Hoje, em pensamento, entrei nesse santuário que tantas vezes idealizei partilhar contigo... 

Acariciei a suavidade cheirosa do tecido lavado, mergulhei o rosto na lisura do algodão e espreguicei-me nele, felinamente estendida.

Ao meu lado,o teu corpo pressentiu o calor do meu, mexeu-se... voltaste-te,  tua pele fixou-se na minha e cobriu-me... macia, perfumada, morna, envolvente...

E fui altar da tua paixão, dos nossos corpos em diálogo mudo.                      Alma

quinta-feira, 3 de maio de 2012

movimentos de paixão


amor que quisera...

                         ou que viesse...

                                           e foste tu.

tocou-me o calor da tua sombra,

                 o teu mundo aos meus pés

                                  chamando-me sua...

                                                  que tua serei quando os teus braços me encerrarem.

                                           

                               e que loucuras trazes tu nesse teu silêncio que só o teu olhar trai!

procura o meu sentimento,

                                      o lado carente que reconheces na linha da minha boca

                  e grita beijos que me derretam,

                                         que me calem a dor e me renasçam noutra.

                                                               talvez aquela sonhada por alguém que me  rejeitou,

                                      ou a outra em que acreditaram e deixaram fugir.

                    ou deixa-me ser apenas eu-contigo

                                                                                       nessa ânsia com que

                                                      te abraço,

                                                                                   te puxo

                                       e me dou.

                                                                 por inteiro.        Alma